Botafogo faz 3 a 2 no Flamengo e sai na frente na final da Taça Rio sub-17

Jogo de volta está marcado para o dia 29, às 15h45, na Gávea

0
360
Foto: Rádio Botafogo.

Flamengo e Botafogo fizeram um jogo bastante movimentado na tarde deste sábado (21), no Engenhão, pela primeira final da Taça Rio sub-17. Poupando alguns jogadores para a Copa do Brasil, o time rubro-negro chegou a estar perdendo por 2 a 0, com dois de Rhuan. Depois, buscou o empate com Wendel e Yuri César, mas viu Marcos fazer 3 a 2 e dar a vitória ao Botafogo nos acréscimos.

Campeão da Taça Guanabara sub-17, o Flamengo voltará a enfrentar o Botafogo no dia 29 (domingo), às 15h45, desta vez na Gávea, precisando reverter o placar para conquistar o Campeonato Carioca de forma antecipada. Antes, na quarta-feira (25), haverá o primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil, às 20h, contra o Cruzeiro, na Ilha do Urubu.

O jogo:

Atuando como visitante, o Flamengo começou melhor. Logo no início, Marx Lenin, que começou jogando no lugar do poupado Yuri César, perdeu grande oportunidade de abrir o placar. Depois de receber passe de Wendel de frente para o gol, sozinho, o meia mandou pela linha de fundo. Melhor para o Botafogo, que soube aproveitar sua primeira chance clara. Aos 12 minutos, Marcelo encontrou Rhuan na entrada da área. A finalização foi por baixo do goleiro Victor Hugo: 1 a 0.

O Flamengo sentiu o gol. Só voltou a levar perigo quase no intervalo, com Marx Lenin sendo travado dentro da área. O Botafogo respondeu de imediato, mas a finalização de Barbosa, de calcanhar, desviando cruzamento de Basseto, foi por cima. O Fla chegou outra vez ainda no primeiro tempo mas, apesar do esforço, a tentativa de Rhyan completar de carrinho o cruzamento rasteiro de Ramon não surtiu efeito, pois a zaga alvinegra impediu que a bola chegasse ao gol.

No segundo tempo, houve mais emoção. O Botafogo voltou melhor e só não fez 2 a 0 no primeiro ataque porque Patrick chegou de carrinho na hora certa de travar Barbosa. Ninguém conseguiu impedir, porém, que Rhuan voltasse a balançar a rede aos 10 minutos, finalizando sozinho de dentro da área.

Para tentar evitar um grande prejuízo pro jogo de volta, o técnico rubro-negro, Marcinho, optou por colocar Vitor Gabriel e Yuri César. A dupla entrou bem e foi importante na reação do Fla. Aos 29, Yuri deu passe para Wendel fazer um belo gol de fora da área. Já aos 32, foi a vez de Wendel servir Yuri, que limpou o marcador e também acertou um chute de longe e deixou tudo igual. Dando continuidade à pressão, Henrique, outro que entrou no decorrer da segunda etapa, quase conseguiu a virada em outra finalização de longa distância, mas mandou para fora. Melhor para o Botafogo, que conseguiu se reencontrar e, aos 46, chegou ao o terceiro gol com Marcos, soltando uma bomba da intermediária.

DEIXE UMA RESPOSTA