Com dois gols de Negueba, Fla passa pelo Inter e vai à semi da Copa Brasil sub-15

Próximo adversário será o Figueirense, na sexta-feira (17)

0
898
Foto: Divulgação/Copa Brasil sub-15.

O meia-atacante João Pedro, apelidado de Negueba, foi o grande nome da classificação do Flamengo para a semifinal da Copa Brasil sub-15. Com dois gols no primeiro tempo, o camisa 11 rubro-negro garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o Internacional na noite desta quarta-feira (17), com Eduardo descontando nos acréscimos da segunda etapa. Atual campeão, o Fla decidirá com o Figueirense uma vaga na decisão. O confronto está marcado para sexta-feira (19), às 20h, no estádio municipal de Votorantim, que recebe todos os jogos do torneio nacional.

O jogo:

Desde o começo da partida, o Flamengo mais organizado que o Internacional. Enquanto o Rubro-Negro apostava na posse de bola e na velocidade, o time gaúcho se mostrou disposto a levar perigo nas bolas aéreas, por onde teve três chances em cobrança de falta, escanteio e cruzamento de jogo. Depois de alguns erros no passe final, o Flamengo inaugurou o placar aos 10 minutos. Após bela troca de passes, Negueba apareceu desmarcado na área, recebeu de Ryan Luka e tocou na saída do goleiro Lorenzo.

Foto: Divulgação/Copa Brasil sub-15.

O primeiro gol deu tranquilidade ao Fla. Apesar das investidas do Inter pelo alto, inclusive uma cabeçada perigosa de Kauan, foi questão de tempo para que Negueba, sempre atuante nos contra-ataques, deixasse sua marca novamente. Aos 24, ele recebeu na linha ofensiva do círculo do meio-campo, avançou, tirou do zagueiro já dentro da área e, novamente, teve tranquilidade para tirar do goleiro e fazer 2 a 0.

Obrigado a fazer dois gols para forçar a disputa de pênaltis, o Inter voltou mordido. Logo nos instantes iniciais do segundo tempo, o goleiro Christian defendeu uma finalização de Matias, de cabeça. Antes, uma falta já havia sido cobrado com muita força por cima do gol. Porém, quando o Flamengo voltou a colocar a bola no chão, não teve dificuldade para administrar a resultado. Pelo contrário, criou chances de marcar o terceiro. Aos 25 minutos, Daniel Campos inverteu o jogo para Negueba, que limpou para o meio da área e bateu por cima. Quase nos acréscimos, João Vitor teve um chute cruzado defendido e, no rebote, lá estava Negueba outra vez. Porém, finalizou no susto e não conseguiu anotar o hat-trick.

Com a partida caminhando para o fim, o árbitro deu três minutos de acréscimo. No segundo deles, Eduardo aproveitou uma bobeira da zaga rubro-negra e emendou um chute de primeira para marcar o gol de honra do Internacional, que não teve tempo de tentar o empate e se despediu da competição.

DEIXE UMA RESPOSTA