Com quatro atletas do Flamengo, Brasil encerra participação no Mundial de nado sincronizado

Renan Alcântara e Giovana Stephan conquistaram os melhores resultados brasileiros, no dueto misto

0
263
Foto: Divulgação/CBDA.

Dos cinco atletas que defenderam a Seleção Brasileira de nado sincronizado até este sábado (22), no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria, quatro são do Flamengo. Renan Alcântara e Giovana Stephan conquistaram os melhores resultados, alcançando as duas finais nas provas que participaram. Maria Clara Lobo Coutinho e Maria Eduarda Miccuci foram as outras rubro-negras convocadas.

No primeiro dia de provas (14), Giovana Stephan marcou o retorno do Brasil à prova de solo em mundiais, depois de seis anos. Sexta na ordem de apresentação, entre 30 atletas, ela somou 77.6135 pontos e terminou na 14ª colocação, fora da final do solo técnico. No mesmo dia, Maria Clara Lobo Coutinho formou dupla com Luisa Borges, do Fluminense, na eliminatória do dueto técnico. Apresentando a nova rotina, as brasileiras ficaram na 15ª posição, com 81,3024 pontos, entre 40 duplas. O resultado não foi suficiente para dar vaga na final. A outra rubro-negra, Maria Eduarda Miccuci, foi reserva.

No sábado (15), Renan Alcântara e Giovana Stephan fizeram a estreia do Brasil em provas mistas. Com o Balé da Bela Adormecida, ao som de “Overture, Pas de deux, Waltz of flower”, o casal ficou em sétimo, com 77.1826 pontos. A colocação foi repetida na final de segunda-feira (17), com elevação da nota para 79.0853. Mais tarde, Maria Clara estreou na disputa do solo livre com a 15ª colocação, somando 80,1333 pontos ao som do clássico “Hallelujah”, de Jaff Buckley.

O dueto feminino do Brasil voltou a entrar em ação na terça (18), na eliminatória da rotina livre. Novamente, Luisa Borges e Maria Clara, com Maria Eduarda na reserva, terminaram na 15ª posição, fazendo 82,8333 pontos na reedição do tema “Amazônia”, utilizado nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

A participação brasileira foi encerrada com as apresentações de Renan e Giovana no dueto misto livre. Na sexta-feira (21), com um tema trabalhado no sheakspeariano Romeu e Julieta, eles ficaram em sétimo lugar, com 80.400. A posição foi repetida na final de sábado, mas a nota caiu para 80,0667 pontos.

Resultados:
7º Dueto Técnico Livre — Giovana Stephan e Renan Alcantara — 80.0667
7º Dueto Técnico Misto — Giovana Stephan e Renan Alcantara — 79.0853
14º Solo Técnico – Giovana Stephan – 77.6135
15º Solo Livre — Maria Clara Lobo — 80.1333
15º Dueto Técnico – Luisa Borges e Maria Clara Coutinho – 81.3024
15º Dueto Livre — Luisa Borges e Maria Clara Coutinho — 82.8333

DEIXE UMA RESPOSTA