Com time alternativo, Flamengo marca no fim e vence o Bonsucesso pela estreia no Carioca sub-20

Do grupo campeão da Copinha, só dois goleiros foram relacionados; Victor Hugo foi titular

0
221
Foto: George Sotero.

Do time sub-20 do Flamengo que foi campeão da Copa São Paulo, apenas dois goleiros reservas foram relacionados para a estreia no Campeonato Carioca da categoria, na manhã deste domingo (28). Nem mesmo o técnico Maurício Souza participou do jogo contra o Bonsucesso, na Gávea. De folga, bem como os demais jogadores, ele apenas assistiu, sendo substituído pelo auxiliar Márcio Torres. Com muitos jogadores em seu primeiro ano de juniores e outros ainda com idade sub-17, o Fla venceu por 1 a 0, com gol marcado por Henrique Lordelo, nos acréscimos. Contratado por empréstimo em novembro do ano passado, o atacante Waschington fez sua estreia com a camisa rubro-negra no segundo tempo.

Os três pontos somados deixaram o Flamengo em terceiro no Grupo A, atrás de Vasco e Nova Iguaçu pelo saldo de gols. Volta Redonda e Bangu ainda vão se enfrentar no fechamento da primeira rodada, nesta segunda-feira (28). O próximo adversário do Fla será o Bangu, em partida marcada para quinta-feira (01), às 16h, no estádio de Moça Bonita.

O jogo:

Aproveitando os desfalques do time rubro-negro, o Bonsucesso não se intimidou com o fato de estar jogando como visitante e criou a primeira chance da partida na bola parada. Logo aos três minutos, Yago cobrou falta da entrada da área e acertou o ângulo, mas o goleiro Victor Hugo, reserva na Copa São Paulo, voou e conseguiu colocar para escanteio. Sofrendo pela falta de entrosamento nos instantes iniciais, o Flamengo melhorou e dominou a posse de bola na maior parte do tempo antes do intervalo. Com boas trocas de passes, não sofreu mais sustos. Victor Hugo só foi testado mais uma vez, quase no intervalo, sem muito perigo. Em compensação, o Fla praticamente não criou chances de gol. Na melhor, aos 29 minutos, José Ítalo chutou forte, da intermediária, e viu Hebert fazer grande defesa.

Oportunidade clara teve Brayan, logo no primeiro minuto da segunda etapa. Juninho fez jogada individual pela direita e cruzou na cabeça do camisa 10, que cabeceou sozinho, mas não acertou o gol. Com uma postura bem mais ofensiva que antes, o Flamengo passou a pressionar o Bonsucesso em seu campo de defesa. Aos 10 minutos, Lucas Chagas arriscou de muito longe e quase marcou de cobertura. Lá atrás, o zagueiro também apareceu para cortar, de cabeça, um cruzamento perigoso do time adversário.

Um dos jogadores participativos do segundo tempo, Luan David foi o responsável por duas chegadas perigosas do Fla. Antes da parada técnica, ele experimentou de fora da área, mas errou o gol. Na volta, ganhou a bola na área, pela direita, e chutou cruzado, entre Rhyan e o estreante Waschington, mas a zaga cortou antes de um dos dois finalizar. O Flamengo cresceu no jogo. Aos 25, Juninho fez cruzamento na direção de Rhyan. Enquanto os defensores do Bonsuça marcavam o camisa 9, Waschington apareceu por trás e cabeceou tirando tinta da trave. Pouco depois, Rhyan foi acionado por Juninho e quase marcou, também de cabeça, mas Hebert fez a defesa. A persistência foi premiada. Aos 48, o volante Henrique Lordelo, que havia deixado o banco pouco antes, chutou de fora da área e viu a bola beijar o pé da trave antes de morrer no fundo da rede.

FICHA TÉCNICA — FLAMENGO 1 X 0 BONSUCESSO:
Campeonato Carioca sub-20 — 1ª rodada da Taça Guanabara
Data: 28 de janeiro de 2018 (domingo)
Horário: 10h (de Brasília)
Estádio: José Bastos Padilha (Gávea), no Rio de Janeiro/RJ
Arbitragem: Victor Gomes Backx; Fernanda Vieira do Nascimento e Jéssica Marciely Laurentino Brasil Guimarães; Jorge Alexandre de Souza Zomer Junior.

Escalações:
FLAMENGO — Victor Hugo; Juninho (Wesley Souza), Natan, Lucas Chagas (Gabriel Noga) e José Ítalo; Gabriel Magalhães, Luan David (Henrique Lordelo) e Brayan (Rafael Carvalheira); Gustavo (Waschington), Vitor Ricardo e Rhyan. Técnico: Márcio Torres.
BONSUCESSO — Hebert; Yago, Bazuca, João e Sandson (Marco Vitor); Léo Franco, Juninho, Gazal, Patrick (Pequeno) e Kikito; Robson (Rafael). Técnico: Israel Venancio.

Gol:
FLAMENGO — Henrique Lordelo, aos 48 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos:
FLAMENGO — Gustavo, Lucas Chagas e Luan David.
BONSUCESSO — Sandson e Kikito.

DEIXE UMA RESPOSTA