Dupla do Flamengo é campeã do Fanáticos 3

Bruno Lucena e Pedro Caruso bateram representantes do Paraná na decisão

0
198
Foto: Divulgação.

Depois de participações pouco representativas nas duas primeiras edições do Fanáticos Game Show, realizado pelo canal de televisão Esporte Interativo, o Flamengo foi o grande campeão da terceira. A dupla formada por Bruno Lucena e Pedro Caruso confirmou o título na noite desta sexta-feira (26), com uma virada impressionante sobre César Japinha e Serginho Lacerda, representantes do Fortaleza. O placar das finais totalizou 1160 a 1130, graças à colaboração da torcida e do lateral-esquerdo Athirson. Como prêmio, Lucena e Caruso vão poder acompanhar uma partida da Liga dos Campeões em qualquer cidade européia.

— Como o Athirson sonhava em ser jogador de futebol, o meu sonho era ser historiador de futebol. Então, chegar aqui e ganhar esse título para o meu clube é algo que não tem palavras para descrever – afirmou Bruno Lucena, que foi escolhido como o melhor jogador de toda a competição.

Foto: Divulgação.

Na quinta-feira (25), os Fanáticos do Paraná construíram uma confortável vantagem de 270 a 10. Porém, o Flamengo uniu a sabedoria do historiador Lucena com a influência nas redes sociais de Caruso, importante para angariar pontos através da hashtag #FanáticosMengão, que fez a diferença durante todo o reality.

A reação dos rubro-negros começou na segunda rodada de perguntas. O paranista Serginho errou a sede da final da Liga dos Campeões de 2018, dando a oportunidade de Lucena responder Moscou, corretamente. No Museu da Seleção Brasileira, situado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a dupla do Fla gabaritou a escalação campeã da Copa do Mundo de 1990. A prova do primeiro gol da temporada também foi vencida. Também deu Flamengo no jogo da memória com os campeões mundiais que terminaram em campo na Copa de 1994. A vitória valeu a virada no placar.

Porém, o título estava longe de ser decidido. Depois de alguns erros da dupla rubro-negra, os paranistas voltaram a liderar o jogo. Disponível para ajudar Lucena e Caruso, o craque Athirson acertou uma pergunta sobre a Libertadores da América de 1984. Do outro lado, Lúcio Flávio, ídolo tricolor, cravou que o único gol de pênalti sofrido pelo Brasil na Copa do Mundo de 1950 foi marcado pela Suécia.

O título ficou nas mãos do Paraná quando Lucena e Caruso precisaram de cinco dicas para descobrir que o zagueiro Juan era o personagem do “Quem Sou Eu”, enquanto os adversários cravaram Saulo de primeira. Houve empate momentâneo na prova de estreia das camisas de ambos os clubes, mas Lucena percebeu um detalhe no manto sagrado de 1987 e cobrou a direção do programa, que corrigiu o erro e deu os pontos apenas ao Fla, como havia feito em prova anterior com a dupla do Paraná.

Na derradeira sessão de perguntas, Lucena ainda acertou que o último amistoso do Flamengo contra uma seleção africana foi com a Costa do Marfim. Já os paranistas erraram o autor de dois gols durante excursão na Ucrânia, em 2002. A falha fez Caruso e Lucena explodirem de emoção.

DEIXE UMA RESPOSTA