Fla busca empate com o Palmeiras, mas se despede na semi da Copa do Brasil sub-17

Equipe paulista fez 7 a 4 no placar agregado, pois havia vencido por 4 a 1 jogando em casa

0
358
Foto: Maicon Vasconcelos/iFlamengoNews.

Flamengo e Palmeiras fizeram um grande jogo na tarde desta quinta-feira (16), na Gávea, pela semifinal da Copa do Brasil sub-17. Depois de estar perdendo por dois gols de diferença, o Rubro-Negro buscou o empate duas vezes na partida encerrada em 3 a 3. Guilherme Vieira, duas vezes, e Bernardo marcaram pelo time visitante, enquanto Patrick, Vitor Gabriel e Yuri César marcaram pelo Fla, que teve dois jogadores expulsos no segundo tempo. O resultado podia até ser valorizado, não fosse a derrota por 4 a 1 no primeiro confronto, totalizando 7 a 4 para o Palmeiras no placar agregado.

Fora da competição nacional, o Flamengo agora voltará todas as atenções para as finais do Campeonato Carioca sub-17. O primeiro duelo contra o Botafogo, para quem perdeu a Taça Rio, acontecerá no próximo domingo (19), às 9h, no Engenhão.

O jogo:

O Flamengo começou com uma postura ofensiva. Logo aos dois minutos, Marx Lenin finalizou da entrada da área e o goleiro palmeirense mandou para escanteio. Aos nove, Vitor Gabriel recebeu bom passe e se livrou da marcação dentro da área, mas demorou para tocar e foi desarmado. Bem postado defensivamente, o Palmeiras acabou chegando ao primeiro gol graças a uma falha rubro-negra. Aos 23, Natan tocou de cabeça para trás e a bola sobrou nos pés de Guilherme Vieira, que ficou livre e tocou por cima do goleiro Victor Hugo. Quando o duelo estava novamente equilibrado, o camisa 7 voltou a balançar a rede, aos 41, desta vez com um chute rasteiro, no canto direito, depois de ter invadido a área.

Mesmo com a eliminação praticamente sacramentada, o Flamengo voltou avassalador no segundo tempo. Aos oito minutos, Yuri César foi tocado por trás dentro da área e o árbitro marcou pênalti, que Patrick cobrou rasteiro, deslocando o goleiro para diminuir. A reação teve continuidade aos 13, quando Yuri César, depois de ter um chute à queima-roupa defendido, ficou com a bola e deu assistência para Vitor Gabriel girar sobre a marcação e deixar tudo igual. Mas Bernardo jogou um balde de água fria, fazendo 3 a 2 para o Palmeiras num lance de muita infelicidade do lateral-esquerdo Ramon, furando na pequena área. Melhor jogador em campo, Yuri César até empatou novamente, aos 28, aproveitando bom cruzamento de Ramon. Porém, o resultado não foi suficiente. O Fla ainda perdeu João Gomes, por ter recebido dois cartões amarelos, e Wendel, que levou o vermelho direto.

DEIXE UMA RESPOSTA