Fla leva gol da derrota aos 49 do 2º tempo e é eliminado pelo Fogo no Torneio OPG sub-20

Depois de empate parcial emocionante no primeiro tempo, Fernando definiu o clássico nos acréscimos do segundo

0
252
Foto: Pedro Gonçalves.

Líder com sobras do Grupo E ao final do primeiro turno turno da segunda fase do Torneio Octávio Pinto Guimarães (OPG) sub-20, o Flamengo não conseguiu nenhuma vitória no returno e perdeu a vaga na final. Depois de ser superado pelo Fluminense e ficar no empate com o Audax Rio, o time rubro-negro sofreu derrota por 3 a 2 para o Botafogo, no Engenhão. O clássico desta quarta-feira (08) foi decidido com um gol de Fernando, aos 49 minutos do segundo tempo. Ezequiel e Pachu marcaram os outros dois do Fogo, enquanto Klebinho e Jardeu fizeram pelo Fla.

Estacionado nos 10 pontos, o Flamengo viu o rival chegar a 11 e conquistar a classificação. O Fluminense também terminou com 10, mas ficou em terceiro por levar desvantagem no saldo de gols, seguido pelo lanterna Audax, com dois. No Grupo F, a Portuguesa avançou, eliminando Olaria, Tigres do Brasil e Artsul.

O jogo:

Precisando vencer para se classificar, o Botafogo começou com tudo. Com apenas cinco minutos, Ezequiel recebeu na área, bateu cruzado e a bola entrou no canto direito, sem chance de defesa para o goleiro Gabriel Batista. Antes da parada técnica, o Flamengo deu sinais de melhora em uma jogada aérea, com Bernardo cabeceando por cima. O gol de empate saiu aos 25. Após jogada individual, Klebinho chutou em cima da zaga. A bola voltou para ele mesmo, que desta finalizou no ângulo.

Aos 33, o Botafogo voltou a ficar em vantagem. Depois de se livrar da marcação, Ezequiel fez cruzamento e, aproveitando falha da zaga rubro-negra, Victor Lindeberg serviu Pachu, que ficou em condições de chegar tocando para o fundo do gol. Mas o Flamengo respondeu rápido. Aos 39, Jardeu avançou pela direita, puxou para a meia-lua e, sem marcação, chutou forte, no alto, deixando tudo igual outra vez: 2 a 2.

Na segunda etapa, o clássico ficou mais truncado, com poucas chances de gol. Aos 10 minutos, Gustavo teve um chute bloqueado pelo alvinegro Kanu. Aos 32, Gabriel Batista foi exigido e defendeu cabeçada à queima-roupa. Já nos acréscimos, o goleiro Saulo, do Botafogo, também fez grande defesa em contra-ataque rubro-negro. O resultado ia classificando o Fla, mas tudo mudou no último lance do clássico. Gabriel Batista deu rebote no chute de Wenderson. Após bate-rebate, Fernando ficou com a bola e fez 3 a 2.

DEIXE UMA RESPOSTA