Flamengo bate Vitória e conta com tropeço do Paulistano para avançar em primeiro no NBB

Marquinhos foi o cestinha e Olivinha atingiu marca histórica de cinco mil pontos no torneio

0
197
Foto: Staff Images/Flamengo.

Deu tudo certo para o Flamengo na noite desta terça-feira (27). Além de derrotar o Vitória por 89 a 78, na Arena Carioca 1, o Rubro-Negro contou com a derrota do Paulistano para o Caxias do Sul e se classificou em primeiro no Novo Basquete Brasil (NBB) pela quarta temporada consecutiva. Classificado direto às quartas de final, com 89,3% de aproveitamento e vindo de 11 vitórias seguidas, o Fla aguarda de camarote seu adversário, que sairá do confronto entre Vitoria e Minas Tênis Clube.

Marquinhos foi o cestinha da partida contra o Vitória, com 22 pontos. Ele também colaborou com oito rebotes. Outro destaque foi Marcelinho Machado, responsável por 18 pontos, seis rebotes e quatro assistências. Logo no começo da partida, pivô Olivinha chegou aos cinco mil pontos no NBB.

O jogo:

No primeiro quarto, Marquinhos provou que não é o maior pontuador do NBB à toa. Em pouco mais de cinco minutos, ele já tinha anotado cinco pontos, liderando a vitória parcial do Flamengo. Depois de uma cesta de três de Anderson Varejão, a vantagem cresceu para oito. Shaw devolveu a bola de três, mas Ronald Ramon também converteu uma na sequência. Os dois primeiros pontos de Olivinha na partida completaram a marca pessoal de cinco mil. Mesmo com a boa atuação de Shaw, o Vitória viu o prejuízo crescer para 23 a 12 na parcial.

O segundo período foi perfeito para o Fla. Marcelinho Machado, MJ Rhett, Arthur Pecos e Pilar converteram bolas de três pontos, mostrando que a pontaria coletiva estava boa. Antes do intervalo, o placar ficou confortável: 47 a 26.

Ronald Ramon abriu o terceiro quarto com mais uma cesta de três, deixando a diferença em 24 pontos, a maior de todo o jogo. Daí em diante, o Vitória acordou e conseguiu descontar para 60 a 49, aproveitando um mini-apagão do ataque rubro-negro.

Mesmo sem o ímpeto de antes, o Flamengo não chegou a ter o resultado positivo ameaçado. Com uma bola de três restando pouco mais de oito minutos, Marcelinho deixou a situação aparentemente mais tranquila. O Vitória ainda diminuiu para a diferença oito pontos na metade do último quarto, mas o Fla acordou e venceu sem sustos, por 89 a 78.

DEIXE UMA RESPOSTA