Flamengo faz 3 a 0, carimba faixa do Corinthians e sobe para sexto no Brasileirão

Defesa corintiana levou três gols em um só jogo pela primeira vez em 36 rodadas

0
304
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo.

Desfalcado de muitos titulares, o Flamengo fez uma de suas melhores atuações do ano e surpreendeu o já campeão Corinthians neste domingo (19), vencendo por 3 a 0 na Ilha do Urubu. Até então, nas 35 rodadas anteriores, a defesa corintiana não havia sido vazada três vezes em um mesmo jogo. Os gols foram marcados por Mancuello, Diego e Felipe Vizeu, todos no primeiro tempo. O autor do terceiro se envolveu em confusão e trocou farpas com Rhodolfo antes de definir o placar.

Com 53 pontos, o Flamengo ultrapassou o Botafogo e subiu para sexto na classificação, aumentando a chance de classificação para a Libertadores. O próximo adversário na competição nacional será o Santos, no próximo domingo (26), novamente na Ilha. Antes, porém, haverá o jogo de ida da semifinal da Sul-Americana. O primeiro duelo contra o Júnior de Barranquilla-COL está marcado para quinta-feira (23), às 21h45, no mesmo estádio.

Primeiro tempo:

Pressionado pela torcida, que cobrou raça antes de a bola rolar, o Flamengo fez seu melhor primeiro tempo no ano. A primeira chance clara aconteceu aos nove minutos. Em cruzamento na área, Léo Príncipe cortou de cabeça e quase fez gol contra. Aos 15, Cúéllar roubou bola de Felipe Bastos e Felipe Vizeu avançou em condição de finalizar, mas o chute foi fraco e Cássio defendeu com facilidade. Apenas três minutos depois, Diego cruzou da direita, mas Léo Príncipe interceptou antes de Vizeu e Mancuello chegarem.

A pressão surtiu efeito aos 21, quando o argentino, que não jogava há mais de dois meses, fez um gol de rara felicidade. Depois de passar no meio de cinco marcadores, se livrando de Camacho e Gabriel, Mancuello bateu com muito efeito e acertou o ângulo: 1 a 0.

O Corinthians só foi finalizar pela primeira vez aos 25, mas a cabeçada de Balbuena explodiu na zaga rubro-negra. Melhor para o Flamengo, que ampliou aos 32. Depois de receber passe de Willian Arão, de cabeça, Geuvânio driblou Pablo e foi derrubado dentro da área. Diego cobrou o pênalti no meio do gol e venceu Cássio, que pulou para o lado direito. O terceiro quase saiu aos 35, mas ninguém conseguiu desviar o cruzamento de Geuvânio, que passou rente à trave.

O Corinthians quase diminuiu aos 43. Jô encobriu Diego Alves de cabeça, mas o goleiro se recuperou e deu um tapa para escanteio. O lance seguinte deu início a uma confusão no Fla. Cobrando Vizeu por falha de posicionamento, Rhodolfo perdeu a cabeça e deu um soco e uma cabeçada. O atacante tentou revidar, mas Diego Alves tirou o zagueiro de perto. O jogo seguiu e, aos 45, Felipe Vizeu aproveitou falha de Marquinhos Gabriel, entrou na área e bateu rasteiro, no canto, para fazer 3 a 0. Na comemoração, fez gesto obsceno e xingou Rhodolfo, que respondeu com uma ameaça: “eu vou pegar esse moleque”.

Segundo tempo:

A situação desconfortável de antes do intervalo foi resolvida no vestiário e o Flamengo voltou sem alterações. Com menos intensidade, viu o Corinthians perder chance de descontar aos seis minutos, com chute de Jô por cima do gol. Aos 18, foi a vez de Marquinhos Gabriel levar perigo em chute rasteiro no canto, depois de passe de calcanhar de Giovanni Augusto. Diego Alves estava atento e mandou para escanteio. Cinco minutos depois, o goleiro ficou batido em cabeçada de Jô, mas Willian Arão tirou em cima da linha.

Buscando dar sangue novo, Reinaldo Rueda promoveu a estreia do garoto Lincoln, de 16 anos, no time profissional. A participação foi discreta. Quem criou a melhor oportunidade do quarto gol foi Diego, que recebeu passe de Mancuello na direita, carregou para o meio e chutou cruzado. A bola ia na direção do gol, mas foi desviada pela zaga e saiu pela linha de fundo.

FICHA TÉCNICA — FLAMENGO 3 X 0 CORINTHIANS:
36ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 19 de novembro de 2017
Horário: 17h (de Brasília)
Estádio: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro/RJ
Arbitragem:

Escalações:
FLAMENGO — Diego Alves; Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Mancuello (Rodinei), Geuvânio (Everton Ribeiro) e Felipe Vizeu (Lincoln). Técnico: Reinaldo Rueda.
CORINTHIANS — Cássio; Léo Principe, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel, Fellipe Bastos (Giovanni Augusto), Camacho, Marquinhos Gabriel (Pedrinho) e Romero; Jô. Técnico: Fábio Carille.

Gols:
FLAMENGO — Mancuello, aos 21, Diego, aos 32, e Felipe Vizeu, aos 45 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos:
FLAMENGO — Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Geuvânio.
CORINTHIANS — Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Romero e Léo Príncipe.

DEIXE UMA RESPOSTA