Flamengo perde para o Corinthians e termina o Mundialito de Beach Soccer em quarto

Dupla russa construiu a vitória corintiana por 3 a 2 na disputa do bronze

0
1025
Foto: Marcello Zambrana/DGW Comunicação.

Um dos favoritos ao título do Mundialito de Clubes de Beach Soccer, o Flamengo não ficou nem com o bronze. Um dia depois de ter sido eliminado pelo Pars Jonoubi, do Irã, o time rubro-negro perdeu a disputa do terceiro lugar para o Corinthians, por 3 a 2, na manhã deste domingo (17). A competição acontece em uma arena montada em Vargem Grande Paulista. Autor de dois gols, o russo Paparotnyi comandou a vitória corintiana, que também teve o compatriota Shishin deixando sua marca. André Portela e Anderson marcaram pelo Fla.

O jogo:

Apesar de ter tido apenas um gol, o primeiro período foi muito movimentado. Mais perigoso, o Corinthians carimbou a trave em duas oportunidades. Em uma delas, a bola chegou a bater nas duas e não entrou. Do outro lado, o goleiro Leandro Fanta defendeu finalizações de DMais e do goleiro Levit, de muito longe, mandando-as para escanteio, além de um tiro livre direto mal cobrado por Anderson. Quase na pausa para descanso, Shishin driblou Levit antes de inaugurar o placar. Bueno ainda se jogou na bola, mas não conseguiu cortar.

O Flamengo chegou ao empate no início do segundo período. Em lateral cobrado rápido, André Portela se antecipou à marcação e finalizou por entre as pernas do goleiro. Maiquinho quase decretou a virada, mas teve um chute mascado defendido por Wesley, que havia entrado há alguns instantes e também impediu que Toinho Damásio marcasse de cabeça. O Corinthians voltou a ficar em vantagem com gol de Paparotnyi, que passou entre dois marcadores antes de definir. Mas o Flamengo respondeu imediatamente. DMais levantou para Anderson, que acertou uma linda bicicleta e fez 2 a 2. O time paulista quase marcou o terceiro com Pedro Moran, só que o chute explodiu na trave.

Logo no primeiro minuto do último período, Paparotnyi anotou o terceiro do Corinthians e segundo dele, limpando a marcação antes de bater cruzado, tirando do goleiro. Jogando contra o tempo, o Flamengo teve boa oportunidade de empatar quando Levit mandou para frente e Maiquinho desviou na trave. O equilíbrio persistiu, bem como o placar de 3 a 2.

DEIXE UMA RESPOSTA