Flamengo rebaixa Team oNe e vai ao Campeonato Brasileiro de LoL

Da3Fgq9X0AENSB8 - Flamengo rebaixa Team oNe e vai ao Campeonato Brasileiro de LoL
Foto: Divulgação/LoLEsportsBR.

Com a chave virada depois de ter perdido o título do Circuito Desafiante para a Ilha da Macacada (IDM) Gaming, o Flamengo soube aproveitar a última oportunidade de conquistar no segundo split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL). Na tarde deste domingo (15), o Fla derrotou a Team oNe por 3 a 2, nos estúdios da Riot Games, em São Paulo. Aparentemente controlado, o confronto ganhou contornos dramáticos até sua definição. A equipe rebaixada é a atual campeã nacional da modalidade.

O jogo:

Apesar de Vert ter feito o primeiro abate para a Team oNe, sobre Jisu, o Flamengo teve o domínio absoluto do confronto inicial. Inspirado, brTT conseguiu um double kill para cima de Marf e Prb. Depois, fez um penta kill, abrindo caminho para a tranquila vitória rubro-negra, concretizada aos 32 minutos.

O tempo de luta foi repetido no segundo jogo, novamente com grande participação de brTT, responsável pos seis abates. Com três Dragões da Montanha acumulados, o Flamengo abriu vantagem suficiente para vencer sem grande dificuldade. Usando Morgana, esA foi o destaque, somando 11 assistências.

Quando a Team oNe parecia já derrotada, iniciou uma reação. O terceiro jogo terminou de forma rápida, com apenas 25 minutos, devido à ousadia dos Dourados. Destaque para o poder coletivo nos embates, impedindo que o ativo Evrot conseguisse arrumar muita coisa para o Fla.

A série melhor de cinco ficou aberta de vez quando a Team oNe venceu o quarto jogo usando uma formação que pouco treinada durante a última semana. O primeiro abate foi do Flamengo, mas não adiantou de muita coisa, pois os adversários dominaram as lutas e conquistaram torres importantes até destruírem a Nexus. Vert foi decisivo pela segunda vez.

Pressionado, o time rubro-negro foi superior na maior parte do último jogo. O primeiro abate ficou com brTT, usando Jhin. Nos minutos seguintes, Jisu conseguiu um double kill e quatro dragões foram conquistados, além do Barão, que também acabou sendo feito pela Team oNe, à esta altura já em grande desvantagem. Novamente chamando a responsabilidade, brTT teve um double kill. Acontece que, como diz a torcida, “se não fosse fácil, não seria Flamengo”. A Team oNe conseguiu uma série de triunfos nas lutas e apresentou certa ameaça. Só que o Fla resistiu, devolveu com uma boa sequência e ficou com a vitória.

Pós-jogo:

Um dos líderes da equipe e ídolo dos fãs da modalidade eletrônica no Brasil, brTT não escondeu a felicidade pelo acesso. “Dever cumprido. Nossa primeira meta era subir para o CBLoL. Não esperávamos perder o Desafiante. Treinamos muito, eu me dediquei muito. Estou muito feliz. Estava quase tendo um ataque do coração, mas saímos com a vitória”, disse o atirador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *