Flamengo vence Estudiantes, mas se despede da Liga Sul-Americana de Basquete na lanterna de sua chave

Jogando em casa, Rubro-Negro teve apenas um triunfo na segunda fase

0
173

Sem chance de ir à final da Liga Sul-Americana de Basquete, o Flamengo enfrentou o já classificado Estudiantes e venceu por 89 a 75, encerrando sua participação na segunda fase de forma positiva. A partida aconteceu na noite desta quinta-feira (10), no ginásio do Tijuca Tênis Clube. Ronald Ramon foi o destaque individual, com 19 pontos. Cubillan fez 17, enquanto Marquinhos e JP Batista anotaram 13, cada. Apesar da vitória, o Fla não conseguiu deixar a lanterna do Grupo E, terminando em quarto por ter perdido o confronto direto para o Olimpia. Caso tivesse vencido, teria avançado em primeiro.

O próximo compromisso do time rubro-negro será a estreia no Novo Basquete Brasil (NBB), na próxima terça-feira (14), contra o Paulistano. A partida está marcada para as 19h30, em São Paulo.

O jogo:

Jogando em clima de despedida, mas bem mais solto que nas partidas anteriores, começou com tudo. Os nove primeiros pontos foram marcados em bolas de três, sendo a primeira de Cubillan e as outras duas de Ronald Ramon. Forte no garrafão, o Estudiantes encostou no placar, mas as bolas de três rubro-negras continuaram caindo. Marquinhos arremessou duas certeiras, e Cubillan, mais uma. A parcial foi fechada em 26 a 17.

No início do segundo período, Uranga e Bolivar meteram bolas de três pontos para o Estudiantes, mas o Flamengo soube administrar a vantagem. Marcelinho Machado devolveu de três e a diferença cresceu, chegando aos 14 pontos na metade do período. Um apagão permitiu que o time argentino encurtasse-a para quatro, mas, depois de tempo pedido por José Neto, JP Batista e Olivinha fizeram pontos importantes, levando 41 a 36 para o intervalo.

Disposto a fechar a segunda fase com 100% de aproveitamento, o Estudiantes continuou incomodando na volta pra quadra. Em determinado momento, o jogo chegou a ficar empatado. O Flamengo voltou a abrir sete de vantagem, com três pontos de Marquinhos, mas o quarto terminou mesmo apertado: 61 a 59.

Cobrando lances livres, JP Batista abriu o último período dando uma gordurinha para o Fla. Vildoza chutou para três e cortou o prejuízo argentino para um. O Estudiantes inclusive passou à frente. Só que os arremessos de longa distância voltaram a aparecer no Flamengo, com Marcelinho, duas vezes, e Cubillan. Com a defesa se acertando nos minutos decisivos, a vitória ficou tranquila: 89 a 75.

DEIXE UMA RESPOSTA