Flamengo vence Olaria com direito a gol de bicicleta de Fortaleza, pela Taça Os Donos da Bola sub-14

Foto: Maicon Vasconcelos/iFlamengoNews.

*Com informações do repórter Maicon Vasconcelos

Dono da melhor campanha da Taça Os Donos da Bola sub-14 até a quinta rodada, com 100% de aproveitamento, o Flamengo confirmou sua classificação antecipada às oitavas de final ao derrotar o Olaria por 3 a 0, neste domingo (29), na Gávea. O gol mais bonito foi o segundo, numa bicicleta de Cauan Fortaleza, que ainda fez mais um. O primeiro foi de João Pedro Mandovani. O Fla é o líder isolado do Grupo A, com 15 pontos, e vai enfrentar a Portuguesa no próximo domingo (06), às 10h, no mesmo estádio.

Primeiro tempo:

O Flamengo começou todo no ataque e, com quatro minutos de pressão, chegou ao primeiro gol. Marquinho cobrou falta e João Pedro desviou para a rede. Mesmo em vantagem, o Fla continuou sufocando o Olaria. Antes do tempo técnico, Marquinho fez lançamento por cima da zaga e João Vitor finalizou. O goleiro Enzo deu rebote e, com o gol aberto, Cauan Fortaleza acertou uma bicicleta, com o movimento perfeito: 2 a 0.

Foto: Maicon Vasconcelos/iFlamengoNews.

Na parte final do primeiro tempo, o jogo ficou mais cadenciado. Apesar de conseguir roubar algumas bolas, o Olaria rapidamente as perdia, com vários erros de passe e chutões. Esperando a hora certa para atacar, o Flamengo criou nova jogada aos 37. Arthur Uchoa enfiou a bola e Marquinho chutou de primeira, mas a bola subiu demais. Dois minutos depois, Cauan Fortaleza recebeu passe de Marquinho e teve tempo para ajeitar o corpo antes de definir a gol, indefensável para Enzo.

Segundo tempo:

O início da segunda etapa foi marcado pelo domínio rubro-negro. Aos três minutos, João Vitor tabelou com Cauan Fortaleza, mas demorou e teve o chute abafado pelo goleiro. Aos cinco, em blitz do ataque do Fla, o próprio Fortaleza chutou duas vezes em cima da zaga. Na volta, Marquinho também acertou um defensor do Olaria. A melhor oportunidade para o quarto gol aconteceu com João Marcelo, aos nove minutos, soltando uma bomba no travessão. Depois, o Olaria conseguiu equilibrar as ações do confronto e, quase no fim, fez seu gol de honra com Cauã Paixão. A zaga rubro-negra parou no lance, iniciado com cruzamento da direita. Ainda teve tempo para Petterson fazer jogada individual e acertar a trave, nos acréscimos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *