Marlos Moreno estreia no segundo tempo, mas Flamengo fica no 0 a 0 com o Vasco e perde os 100% no Carioca

Rubro-Negro perdeu muitas chances, principalmente nos minutos finais do clássico

0
44
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.

Apesar de seguir na liderança isolada do Grupo B, com 10 pontos, o Flamengo perdeu os 100% de aproveitamento e ainda não confirmou sua classificação para as semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. A vaga teria sido assegurada em caso de vitória contra o Vasco, mas os rivais ficaram no 0 a 0 em clássico morno, neste sábado (27), no Maracanã. O duelo da quarta rodada marcou a estreia do atacante Marlos Moreno, de 21 anos, no Fla. Único reforço já anunciado pela diretoria rubro-negra, o colombiano entrou no segundo tempo e teve atuação discreta, apesar de ter tentado buscar o jogo. César, Pará, Rhodolfo, Éverton Ribeiro e Felipe Vizeu jogaram pela primeira vez em 2018.

O Flamengo ainda irá à semi de forma antecipada caso Bangu e Nova Iguaçu empatem, neste domingo (28), ou a Cabofriense não vença o Volta Redonda na segunda-feira (29). Se os resultados não agradarem, o Rubro-Negro dependerá de apenas um empate contra o Nova Iguaçu, no dia 04 de fevereiro, às 17h, em Brasília.

Primeiro tempo:

Precisando da vitória, o Vasco começou buscando ficar com a bola, mas a troca de passes não saía com facilidade do sistema defensivo. Logo no início, Erazo quase entregou para Vinicius Junior. Com a marcação apertada, o Flamengo teve a primeira chance aos três minutos. Lucas Paquetá foi à linha de fundo, voltou e cruzou na cabeça de Felipe Vizeu, mas o atacante subiu desequilibrado e não conseguiu aproveitar. Aos cinco, Evander respondeu com um chute forte, de fora da área, assustando o goleiro César, que completou 26 anos neste sábado. Porém, a bola foi pela linha de fundo.

O Fla chegou novamente aos seis, também com Vizeu, que desta vez recebeu de Éverton Ribeiro em boa posição, mas parou na defesa de Martín Silva. Apesar do início movimentado, a intensidade das duas equipes caiu. Um dos poucos lances de destaque do resto do primeiro tempo aconteceu aos 32 minutos, quando Vinicius Junior deixou Felipe Vizeu de cara para o gol. Desta vez, ele fez, mas estava em posição de impedimento e o lance não valeu. Sentindo falta da garotada, a torcida rubro-negra esboçou algumas vaias na chegada do intervalo.

Segundo tempo:

O Flamengo voltou do vestiário pressionando. Logo no primeiro minuto, Vinicius Junior fez bom cruzamento, mas Lucas Paquetá não conseguiu desviar. Mesmo assim, Martín Silva teve que colocar para escanteio. Aos quatro, o Vasco saiu jogando mal e Lucas Paquetá armou um contra-ataque de quatro contra dois. No entanto, adiantou demais e Martín saiu bem para impedir o gol. A primeira oportunidade vascaína do segundo tempo ocorreu numa cabeçada de Henrique, aos sete, para fora. O mais participativo do Fla, Vinicius Junior, deu bom passe para Felipe Vizeu, aos 14, só que a demora para o chute permitiu que a zaga adversária chegasse para travar.

Desejando mais uma vitória, o técnico rubro-negro, Paulo César Carpegiani, promoveu a estreia de Marlos Moreno, substituindo Rômulo, que teve atuação apagada e foi vaiado. O mesmo também aconteceu com Éverton Ribeiro, quando deu lugar a Jean Lucas. Outro que entrou foi Lincoln, no lugar do questionado Vizeu, e criou ótima chance ao fazer cruzamento para Lucas Paquetá, aos 38. Mas, mesmo subindo sozinho, o companheiro não conseguiu aproveitar e cabeceou para fora.

Nos minutos finais, o Flamengo cresceu de novo. Aos 42, Marlos Moreno matou uma bola no peito e enfiou no meio da zaga para Vinicius Junior, que finalizou de cavadinha e também errou. Dois minutos depois, Jean Lucas fez jogada individual e experimentou de fora da área, mas ficou com o escanteio. Renê cobrou e Léo Duarte cabeceou no travessão, mas a arbitragem parou tudo marcando falta de ataque.

FICHA TÉCNICA — VASCO 0 X 0 FLAMENGO:
Campeonato Carioca — 4ª rodada da Taça Guanabara
Data: 27 de janeiro de 2018
Horário: 17h (de Brasília)
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo; Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha; Eduardo de Souza Couto.

Escalações:
VASCO — Martín Silva; Yago Pikachu, Erazo, Ricardo e Henrique; Wagner, Wellington, Desábato, Evander (Rildo) e Paulinho (Caio Monteiro); Andrés Rios (Riascos). Técnico: Zé Ricardo.
FLAMENGO — César; Pará, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Cuéllar, Rômulo (Marlos Moreno) e Éverton Ribeiro (Jean Lucas); Lucas Paquetá, Vinicius Junior e Felipe Vizeu (Lincoln). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Cartões amarelos:
VASCO — Desábato, Yago Pikachu e Riascos.
FLAMENGO — Renê, Rhodolfo, Jean Lucas e Vinicius Junior.

DEIXE UMA RESPOSTA