Varejão erra cesta da vitória, Flamengo perde outra para o Paulistano e deixa a liderança do NBB

Foto: Pedro Ainbinder/iFlamengoNews.

Depois de nove vitórias seguidas, o Flamengo voltou a ser derrotado e perdeu a liderança do Novo Basquete Brasil (NBB) para o Paulistano, que levou a melhor por 72 a 71, na tarde deste sábado (03), e chegou ao 13º triunfo consecutivo. A partida aconteceu na Arena Carioca 1 e teve Marquinhos como cestinha, com 37 pontos, em atuação de gala. Mesmo assim, não foi suficiente. Na segunda partida pelo clube rubro-negro, Anderson Varejão perdeu a chance da virada embaixo da cesta e o novo líder, que já havia vencido no primeiro turno, voltou a sair vitorioso. O próximo adversário do Fla será o Joinville/AABJ, terça-feira (06), às 20h, no Centrevento Cau Hansen, em Joinville/SC.

O jogo:

Num primeiro quarto muito parelho, o Flamengo começou vencendo, com dois pontos de JP Batista, e só permitiu o empate uma vez, logo no começo, mantendo-se quase sempre à frente do placar. Apesar de o Paulistano ter convertido duas bolas de três pontos, com Fuller e Jhonatan, o Fla chegou a abrir cinco de vantagem e fechou a parcial com 15 a 12. Anderson Varejão havia começado no banco, mas entrou e fez quatro pontos em quatro minutos.

Os erros ofensivos das duas equipes continuaram acontecendo no segundo período. O Paulistano encostou com uma cravada de Nesbitt. Arthur Pecos converteu um lance livre e colocou a diferença em dois pontos, mas Lucas buscou o empate e Deryk virou o jogo pela primeira vez. Depois de um tempo técnico, a equipe paulista conseguiu abrir cinco pontos, mas o Flamengo reagiu com uma boa sequência. Marquinhos, que já havia descontado com um arremesso de três, fez mais dois. Anderson Varejão deu passe de costas para MJ Rhett diminuir o prejuízo para um, enquanto Olivinha recolocou o Rubro-Negro na frente. Só que o Paulistano retomou a ponta e, mesmo permitindo o empate em mais duas ocasiões, contou com três pontos de Deryk no estouro do cronômetro para fazer 34 a 31 antes do intervalo.

Foram de Fuller os primeiros pontos do segundo tempo, colocando a diferença em cinco. Marquinhos respondeu com uma bola de três, devolvida por Jhonatan. Sommer ampliou a vantagem paulistana para sete cobrando lances livres. Com a defesa adversária marcando forte no garrafão, Olivinha experimentou para três pontos e teve êxito. Mas, a inconstância no ataque não permitiu ao Fla encostar. Aproveitando os momentos de domínio e o bom aproveitamento nos rebotes, o Paulistano se distanciou ao fazer 51 a 39. Incansável pelo lado rubro-negro, Marquinhos conseguiu amenizar a situação, mas Nebbit e Yago desfizeram todo o trabalho do maior pontuador do NBB, deixando a distância em 15, a maior do jogo: 61 a 46.

Obrigado a não errar mais, o Flamengo voltou mais ligado para o último quarto. Com dois pontos de Arthur Pecos e sete de Marquinhos, o prejuízo caiu para seis em pouco menos de três minutos. Porém, dois erros defensivos permitiram que o Paulistano voltasse a abrir 11. Na segunda metade do período, houve nova tentativa de reação quando Cubillán anotou três pontos. A torcida incendiou o ginásio quando Marquinhos fez mais três, sofreu falta e converteu o lance livre de bonificação, deixando a diferença em apenas quatro, faltando dois minutos para o fim. Não parou por aí. No ataque seguinte, o ala-armador fez outros três e o prejuízo ficou mínimo. Restando três segundos, Anderson Varejão errou a bola da virada embaixo da cesta. A última posse ainda ficou com o Fla, mas não houve ponto: 71 a 72.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *